O que levar em conta na hora de escolher uma agência kids para o seu filho?

20 de julho de 2015 0 Comments

Você percebeu que seu filho tem talento e pensou: Por que não investir? Tá bom, mas por onde começar? Vamos precisar de um empresário? Uma agência kids? O que eu devo fazer?

Veja aqui algumas dicas para encontrar uma boa agência e dar o pontapé inicial na carreira de ator ou modelo mirim do seu filho.

Começando a pesquisa

Bom, a primeira dica é: comece a procurar na Internet, é a forma mais rápida de juntar as primeiras informações. Mas se puder, pergunte também para outras pessoas que você conheça e que já tenha alguma experiência na área.

Muitos pais querem agenciar seus filhos, porém, infelizmente, nem sempre há uma agência kids na cidade onde moram. E agora, o que fazer? Pesquise se há alguma em cidades vizinhas, como chegar lá e quanto tempo leva a viagem. A distância certamente é um fator que irá atrapalhar este começo de carreira, em que os cachês são baixos e os gastos são muitos.

“Achei, e agora?” Não tenha vergonha e marque visitas nas agências para conhecer o ambiente, e saber se a empresa realmente existe. Aproveite a Internet e pesquise informações, possíveis reclamações e opiniões de agenciados. Algumas agências kids pedem fotos dos futuros atores mirins antes de agendarem visitas, para saber se têm perfis interessantes.

Busque conversar com pessoas que já tenham utilizado serviços da agência e pergunte também sobre trabalhos e pagamentos.

Não se esqueça de pesquisar, ainda, tempo de atuação da agência no mercado. Frequentemente a  qualidade está ligada à tradição, ou seja, tempo de atuação e excelência dos serviços e oferecidos. É toda essa busca que lhe garantirá a escolha certa de uma agência confiável e profissional.

O depois

Domine a ansiedade e não tome nenhuma decisão com pressa, evitando cair em armadilhas preparadas por muitos que só querem arrancar seu dinheiro. Agências de modelos infantis sérias têm métodos rigorosos na hora de escolher seus agenciados.

A agência de modelos kids deverá cumprir o papel de intermediador entre clientes e seu filho. Os contratantes pedem diversos perfis de modelos, atores e atrizes por atuarem em diversos seguimentos, seja para comerciais de TV, rádio, catálogos, desfiles, sessões fotográficas, entre  outros.

Dedicação e paciência

Dedicação e paciência são mandamentos importantes na hora de auxiliar e investir nos filhos, acompanhando de perto todos os processos das carreiras dos modelos kids. Assim, vocês participam desse desenvolvimento, passam mais tempo com eles, e ainda podem dar toda a tranquilidade e segurança que precisam em momentos difíceis, principalmente na hora de um teste ou casting. A escolha da agência de modelos kids não é exceção e vai cobrar muita dedicação dos pais, que devem sempre buscar alguém que represente os melhores interesses das crianças.

Os pais devem saber trabalhar a rejeição com seus filhos, pois é muito mais fácil ouvir o não para uma proposta de trabalho do que o sim. Não é porque seu filho não foi escolhido para determinado trabalho que ele não tenha talento e competência, muitas vezes ele simplesmente não tinha o perfil para aquele cliente.

Ressaltando, o que está em julgamento é o personagem (com o perfil que o cliente busca) e quem se identifica melhor com ele, pois as características físicas, como porte, idade, sexo, cor dos olhos, cabelos, altura e afins, também são levadas em consideração. Como muitas vezes só um pode ser escolhido, saber ouvir e entender os “nãos” que aparecerão é fundamental.

Dica de leitura

Uma dica de leitura que auxiliará pais e mães no início da carreira de modelo dos filhos, é o livro Mamãe, quero ser modelo! (Editora: Scortecci), onde são listados 7 fatores importantes para o sucesso na carreira, tais como: tipo físico,  talento, vocação, carisma, estrela, profissionalismo e disponibilidade. O desenvolvimento dessas características e a compreensão de como atuam as agências, ajudam seu filho a conseguir mais trabalhos.

Atuar ou modelar?

Seja qual for a área pretendida, o preparo é uma parte que auxilia em muito nas possibilidades de sucesso na carreira, em qualquer profissão.

Isso ocorre independentemente da carreira escolhida. Veja, por exemplo, um jogador de futebol: a partir do momento que se torna profissional (quando começa a ganhar dinheiro) a intensidade de treinamentos físicos, táticos e técnicos aumentam e se tornam diários, para que ele ganhe força muscular e experiência, e assim se sobressaia aos demais e, quem sabe então, seja escolhido pelo técnico para jogar a próxima partida.

Jamais deixe seu filho ou filha desistir nas primeiras vezes, e nem em todas as outras que também  surgirão. Uma boa conversa, paciência e suporte emocional são coisas que os pais e mães costumam oferecer e que jamais devem ser deixadas de lado, para que a criança não se sinta menosprezada, entenda que nem sempre vai ser do jeito que ela quer, que nem sempre o perfil dela será o procurado, e que outros profissionais a escolherão futuramente. Confie no trabalho da agência de modelos kids que você escolheu, e boa sorte!
Pais e mães: deixem aqui seus comentários falando de como é o apoio dado ao seu filho modelo ou ator.



Deixe seu comentário

3 × um =